CAIXA INAUGUROU NESTE SÁBADO PRIMEIRA UNIDADE ESPECIALIZADA NO AGRONEGÓCIO

(Assessoria de Imprensa da CAIXA)

A CAIXA inaugurou, no dia 3 de julho a unidade Agro Dourados (MS), a primeira de 80 unidades dedicadas exclusivamente para atendimento ao agronegócio. A entrega faz parte da ação de expansão da rede de atendimento anunciada em maio, que vai inaugurar 250 novas unidades do banco ainda este ano. A solenidade contou com a presença do presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, empregados do banco, autoridades do município e representantes da economia local.

A unidade, localizada na Rua Ponta Porã, 1.540, no bairro Vila Progresso, possui 154m² em piso térreo, garantindo a acessibilidade de pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida. Conta ainda com uma equipe de empregados que irá atuar de forma dedicada e especializada no atendimento aos produtores rurais de Dourados e região. O horário de funcionamento é das 8 às 13h nos dias úteis e a unidade disponibilizará, aos clientes de relacionamento, atendimento completo do portfólio de produtos e serviços da CAIXA, à exceção de movimentação de numerário.

Plano Safra

A CAIXA realiza, no ano safra 2021/2022, oferta recorde de recursos para o crédito rural de R$ 35 bilhões por meio do Plano Safra, beneficiando, principalmente, agricultores familiares e pequenos e médios produtores rurais, além de agroindústrias e cooperativas. Esse montante contempla R$ 7 bilhões em recursos equalizados pelo Governo Federal, além de R$ 28 bilhões em recursos CAIXA, proporcionando um crédito mais barato ao produtor e maior rentabilidade à produção.

Os recursos são para o custeio de despesas do ciclo de atividades e culturas como café, soja, milho, trigo, cana-de-açúcar, arroz, gado, fruticultura e psicultura, além da destinação para linhas de investimento para a construção de silos e armazéns, aquisição de máquinas e equipamentos e implantação de projetos de irrigação e de agricultura de baixo carbono (ABC). O crédito também pode viabilizar a comercialização, o beneficiamento e industrialização de produtos agropecuários e oferece, ainda, a possibilidade de investimento para implantação, ampliação, ou modernização da infraestrutura de produção e serviços agropecuários.