Tecnologia especial ajuda a aprimorar perfomance do abastecimento de água em Camboriú

Foto: DIVULGAÇÃO

Uma tecnologia especial de mapeamento do subsolo permitiu aos técnicos da concessionária Águas de Camboriú aprimorar a performance do sistema de abastecimento e intervir com mais precisão para detectar interferências. O georadar ou radar de penetração no solo é um método de aquisição de dados e imagens por meio de ondas de rádio de baixa e alta frequência que detecta anomalias de até 10 metros com boa resolução.

Segundo o gestor operacional da Águas de Camboriú, Henrique Gonçalves Mendes, o georadar acaba de ser aplicado na entrada do sistema de distribuição do município. Foi necessário um dia para estudo em campo e uma semana de estudo em laboratório por uma equipe especializada. “A tecnologia ajuda a encontrar interferências enterradas no solo. A utilização do equipamento em Camboriú se deu pela necessidade de encontrar o local exato e profundidade de uma adutora construída há muitos anos, sem necessidade de escavação”, explica.

O georadar também traz mais rapidez de respostas sem a necessidade imediata de intervenção das vias no momento do estudo. O equipamento é de alta resolução, permitindo interpretar as infraestruturas e obstáculos enterrados no subsolo, o perfil de alteração, contato solo e rocha, nível freático, entre outros dados. Seu alcance médio em profundidade pode chegar a mais de 30 metros.