O Vapor “Pery” em 1925 (acervo)

A rica História de União da Vitória em Acervo Histórico

Cidade das mais tradicionais do Paraná, União da Vitória tem muitas histórias para contar. Tem a vinda do coronel Amazonas de Araujo Marcondes, que daria início à navegação a vapor pelo rio Iguaçu, a chegada dos imigrantes alemães em 1881, os ciclos da erva-mate e madeira, a chegada da estrada de ferro em 1905, a inauguração da ponte metálica sobre o rio Iguaçu em 1907, a Guerra do Contestado (entre 1912 a 1916), o desmembramento de Porto União, etc.

Pois tudo isso – e muito mais – , toda essa rica História, vai estar à disposição em um Acervo Histórico. Eis o que diz a Prefeitura através da sua Assessoria de Comunicação:

“A história de União da Vitória terá um novo espaço em pouco tempo. O Acervo Histórico do Município está sendo criado e ficará aberto para consulta da comunidade na Estação União.

Nele estarão disponibilizados arquivos que contam a história do município e que estavam guardados em um sótão na sede da antiga prefeitura.

O projeto de criação do acervo está sendo coordenado pela secretária da cultura, Francielle Misturini que explicou que “o acervo surgiu da necessidade de ter um local aonde se conta a história de união da vitória, aonde se consiga encontrar documentos históricos, livros históricos. Porque cada um conta uma história diferente do município, e como Secretaria da Cultura é preciso ter documentação para contar a história”, afirmou a secretária.

Os arquivos estão sendo separados, recuperados e catalogados e ficarão à disposição da comunidade para consulta. “A partir desse material, nós mesmo quanto secretaria, as escolas, a Academia de Letras, historiadores terão um espaço maravilhoso para fazer consulta a todo material histórico”.

Além de documentos e imagens que conta a história do município, o Acervo Histórico também terá objetos e contará um pouco da história da Rede Ferroviária – RFFSA. O trabalho está sendo desenvolvido em parceria com o Instituto Federal do Paraná (IFPR) , que já tem um comodato com o Iphan, do acervo da RFFSA e também está atuando na elaboração do Acervo Histórico do Município.

O Acervo está em fase de catalogação, e deverá estar pronto para a visitação e consulta ainda este ano”.