Aulas de Ecologia: as trilhas do Parque do Ingá

A Secretaria de Meio Ambiente e Bem Estar Animal (Sema) abriu as inscrições para as trilhas interpretativas no Parque do Ingá. O percurso dentro da reserva é uma oportunidade para conhecer a história, biologia da fauna e flora, programas de preservação da mata, além dos cuidados necessários dos visitantes para proteger o parque.

As trilhas são gratuitas, têm como monitores estagiários de ciências biológicas e destinadas para todas as idades. Cada grupo deve ter no mínimo 15 pessoas. O percurso conta, em média, com 1,5 quilômetro e duração de 60 minutos. São realizadas de terça a sexta-feira, entre as 9 e 11h30, e 14 e 16h30. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail parquedoinga@maringa.pr.gov.br.

Entre outros temas abordados na trilha, estão os relacionados à proteção da fauna e flora, teia trófica e o perigo de alimentar animais silvestres. A trilha é finalizada com uma visita ao Museu do Parque do Ingá que abriga exemplares de animais taxidemizados como peixes, anfíbios, mamíferos e insetos.

O gerente de Parques da Sema, Adeilson Silva, ressalta que as trilhas integram uma das estratégias de preservação da reserva e de estímulo à visitação. “É uma forma lúdica que desperta o interesse dos visitantes e ressalta a importância de proteção não só da natureza, mas também dos equipamentos públicos do parque”, afirma.

Em 2018, as trilhas interpretativas alcançaram aproximadamente 2 mil pessoas. Marcadas principalmente pela presença de unidades de ensino, as trilhas também contaram com a participação de escolas de outras cidades da região.