Fabricante de iates de luxo com encomendas até 2020

A unidade brasileira está em Itajaí

Apesar da instabilidade política e econômica brasileira, a indústria náutica aponta casos de crescimento, como o da fabricante de iates de luxo Azimut Yachts, com unidade produtiva no país desde 2010, e que faz parte do Grupo global Azimut-Benetti, reconhecido este ano em Cannes, como Estaleiro do Ano pelo modelo de gestão estratégica com foco em inovações e qualidade nos produtos. O Grupo, que completa 50 anos de história no próximo ano, também é líder mundial em fabricação de iates de luxo do mundo pelo 18º ano consecutivo (Global Order Book 2018/Show Boats International).

Mesmo com estratégias também relacionadas a exportações para manter a produtividade em alta, as vendas de iates de alto luxo no Brasil vêm se desenvolvendo. Exemplo é a embarcação de quase 19 metros de comprimento, Azimut 62, lançada há menos de um mês durante salão náutico na capital paulista. Com 3 suítes, mais de 150 m2 de área útil e interiores sofisticados assinados por um dos maiores arquitetos de luxo do mundo, o italiano Achille Salvagni, o iate começou a ser produzido no início deste ano. Desde então, a elegante “casa sobre as águas” já tem 15 encomendas apenas para clientes nacionais e internacionais.

No último ano náutico, de setembro de 2017 a setembro de 2018, a empresa registrou um salto de 20% em valor de produção e vendas. No Brasil, as metas de vendas tanto para barcos aos clientes nacionais quanto aos internacionais, foram atingidas 3 meses antes do fechamento do calendário náutico, superando a marca de 40 embarcações no período.

“A fábrica da Azimut Yachts do Brasil é um exemplo de que a produtividade se mantém em constante crescimento, justificados pelos números de evolução da empresa. Uma gestão estratégica, visão de longo prazo e foco em trazer tendências ao mercado náutico Brasil, nos aproximar cada vez mais de nossos clientes e altíssima qualidade têm gerado resultados bastante satisfatórios. Chegamos ao Brasil em 2010 e desde lá foram mais de 300 iates fabricados neste território. Pretendemos reforçar cada vez mais nossa presença industrial trazendo constantes novidades ao país e contribuindo com o desenvolvimento de uma economia, a náutica, de grande potencial e que gera reflexos bastante positivos a vários setores”, diz o CEO da Azimut Yachts Davide Breviglieri.

Para se ter uma ideia, atualmente, 30% da matéria prima utilizada na construção dos iates em território nacional, e que segue rigorosamente os padrões da matriz italiana, é fornecida por empresas do Brasil, especialmente fibra de vidro, teca e inox. Além dos mais de 400 colaboradores diretos, 150 fornecedores são envolvidos no processo, além de 300 empresas brasileiras ligadas a assistência técnica, serviços e pós-vendas dos iates da marca.

Mesmo em períodos de insegurança econômica, desde 2015, a fábrica brasileira da Azimut Yachts registrou um crescimento de 40% em termos de produção. Nos primeiros anos de operação no Brasil, a fábrica tinha uma participação produtiva na casa dos 8% para a linha de “Yachts” do Grupo Azimut-Benetti, da qual pertence. Atualmente a participação já está em 12% e a expetativa é atingir 15% nos próximos anos.

Além do bom desempenho com vendas no Brasil, se mantém aquecidas as negociações dos barcos fabricados aqui com o mercado internacional, especialmente aos Estados Unidos. Neste último ano náutico, de setembro de 2017 a setembro de 2018, quase 50% da produção no Brasil foi direcionada ao exterior e, dessa fatia, cerca de 90% foram exportações aos Estados Unidos. A filial brasileira também já começou a abrir outros mercados com vendas realizadas para os Emirados Árabes e Europa. A comercialização para outros países da América Latina também apontou crescimento com encomendas já feitas especialmente para o Paraguai e Colômbia.

Além do modelo de gestão, a justificativa dessa aceitação cada vez mais expressiva também se refere ao fato da filial produtiva brasileira acompanhar a evolução da matriz global, localizada na Itália. A gama de produtos fabricados no Brasil, que foi completamente renovada em 2018, segue os mesmos padrões italianos e acompanha sua evolução, com uma média de dois lançamentos anuais no país.

Azimut Yachts

Azimut Yachts é uma marca do Grupo italiano Azimut|Benetti com matriz na Itália, reconhecido pela 18ª vez pelo Global Order Book (publicado pela Show Boats) como o maior produtor de iates de luxo do mundo. Opera em 70 países com uma rede de vendas de 138 escritórios. Além das fábricas localizadas na Itália, em 2010, inaugurou unidade de produção em território brasileiro, na cidade de Itajaí, SC. Na filial brasileira, em uma área total de 35 mil m2, fabrica embarcações de 40 a 100 pés.