Um paraíso: a Reserva Natural Fazenda Paraguaçu em Guaporema

Foto – a RPPN guaporemense

(da Redação)

As unidades de conservação da natureza são a forma mais efetiva de proteção da biodiversidade que se conhece. Legalmente as unidades de conservação podem ser divididas em dois grandes grupos: aquelas de uso sustentável e as de proteção integral ou uso indireto. Segundo o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) instituído pela Lei 9.985 de 18 de julho de 2000, as Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) são consideradas unidades de conservação privadas de uso sustentável.

E uma das mais bonitas está localizada em Guaporema. Trata-se da RPPN Fazenda Paraguaçu, criada em 2002. Com área de 104,89 hectares, além de garantir o paraíso de árvores nativas, pássaros, outros animais silvestres, garante também o repasse do ICM Ecológico para o município.

Guaporema

O município de Guaporema foi criado em 25 de janeiro de 1961 e instalado no dia 15 de novembro do mesmo ano. A área, de 201 km2, foi desmembrada de Rondon e Cidade Gaúcha. A cidade está a 345 metros de altitude. Conforme dados do Ipardes, a maior produção agrícola é de cana-de-açúcar (8.308 hectares), seguindo-se mandioca, milho, soja, laranja. A produção leiteira é expressiva.