Nova tecnologia promete reduzir quase 50% das falhas em painéis elétricos industriais

Foto – DIVULGAÇÃO

Nas indústrias e nos grandes estabelecimentos o painel elétrico é um dos principais elementos para o bom funcionamento da energia elétrica, e a sua falha pode ocasionar grandes prejuízos, como paradas inesperadas de equipamentos e máquinas, por exemplo, ou até mesmo acidentes. Por isso, é importante que os painéis elétricos sempre passem por manutenção e funcionem de acordo com as normas técnicas que regem o assunto. Segundo dados da Schneider Electric, especialista global em gestão de energia e automação em mais de 100 países, 25% das falhas nos painéis se devem a conexões soltas ou por deterioração dos componentes elétricos.

A pesquisa mostra, ainda, que outros defeitos (20%) em painéis elétricos se dão por causa do ambiente agressivo, definido como condensação, temperaturas extremas e poluição. Outro motivo está na saúde do disjuntor, dispositivo que tem a função de proteger as instalações elétricas, desligando a energia automaticamente em caso de curtos-circuitos e sobrecargas.

Por isso, as manutenções em painéis, que fazem o gerenciamento de toda a área de produção em uma indústria ou grandes estabelecimentos, são tão importantes. Ocorre que, geralmente, as preventivas, que funcionam por meio de paradas programadas, causam a paralização da produção e impactam no aspecto financeiro e, às vezes, não há a necessidade de elas acontecerem.

Tamanha é a importância do tema no que diz respeito à segurança, que a Norma Brasileira de Instalações Elétricas em Baixa Tensão, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a NBR 5410:2004, dedicou o subitem 6.2.8 exclusivamente para tratar do assunto, explicando que “as conexões de condutores entre si e com outros componentes da instalação devem garantir continuidade elétrica durável, com adequada suportabilidade e proteção mecânica”.

Atualmente, existem no mercado soluções que buscam diminuir a necessidade de paradas programadas para simples verificação de componentes. Trata-se de painéis elétricos que apresentam monitoramento em tempo real e de modo remoto a partir de sensoriamento wireless de todos os seus itens, as quais reduzem, pela metade, as chances de falhas elétricas. Assim, as manutenções são realizadas no tempo certo, como com o SM6 Connected, um painel de média tensão para distribuição elétrica, fabricado pela francesa Schneider Electric, o qual apresenta conectividade 24 horas por dia, 7 dias por semana, oferecendo uma visibilidade total do status de integridade das conexões.

SM6 Connected

De acordo com Fábio Amaral, engenheiro eletricista e diretor da Engerey Painéis Elétricos, os equipamentos ligados aos sensores facilitam a verificação de sua qualidade de uso e vida útil. “De fato, um painel elétrico é uma estrutura de muita importância por exercer um trabalho essencial no que diz respeito à distribuição e gerenciamento de energia elétrica, atuando sobre o controle de máquinas, equipamentos e motores, acionamento de aparelhos, dentre outros. Desta forma, o sensoriamento remoto faz a identificação em tempo real de dispositivos que apresentam anomalias, como pontos de oxidação, ocasionados por condensação, umidade ou poluição, por exemplo”.

Com isso, a solução tem capacidade para reduzir em quase 50% as falhas elétricas em paineis de indústrias e grandes estabelecimentos, uma vez qure atua diretamente, com informações precisas, sobre as conexões soltas, deterioradas pelos componentes elétricos ou por causa das ações do tempo.

Uma das principais novidades do painel, nas palavras de Fábio, é a possibilidade de aumento da continuidade do serviço, detectando pontos quentes no estágio inicial, evitando, assim, o tempo de parada e otimizando os custos de vistorias preventivas, as quais passam a não ter mais necessidade, visto que o equipamento anuncia a manutenção correta no momento certo.

Detecção de anomalias

Na prática, um dos principais benefícios do painel elétrico SM6 Connected é a detecção antecipada de pontos quentes, monitoramento de níveis de condensação, oxidação, poluição e desgaste elétrico/mecânico do disjuntor, graças a sensores, impossibilitando o envelhecimento ou o desgaste do painel: a ausência de constatação prévia resultará em uma interrupção do processo produtivo e, consequentemente, na inatividade operacional; por esse motivo o painel SM6 Connected, através de técnicas preditivas, é útil para a manutenção dos equipamentos e processos, como um dos fatores de aumento da produtividade e economia.

Ademais, o produto conta com alarmes ou recomendações para o usuário planejar a periodicidade da manutenção e a avaliação de equipamentos com acerto: o sinal é enviado de maneira remota.

“Neste caso, a principal vantagem é a redução de desperdícios, seja de dinheiro, mão de obra, tempo ou materiais”, explica o engenheiro eletricista da Engerey salientando, ainda, outros dois favorecimentos: a segurança reforçada por meio de controle à curta distância, sendo possível observar as condições operacionais do painel em tempo real, evitando ou até mesmo antecipando falhas; e o reconhecimento ultrarrápido de condições anormais de temperatura, por meio de sensores de ponto quente (TH110), os quais proporcionam um diagnóstico completo do painel, cruzando informações de temperatura na conexão, temperatura ambiente, corrente de carga, etc.

Por fim, o engenheiro eletricista da Engerey salienta que nas indústrias e empresas, bem como em plantas de grande porte, como centros comerciais, supermercados, hospitais, shoppings, entre outros, é de fato importante e essencial contar com uma rede elétrica funcionando perfeitamente, pois, assim, é possível garantir o bom desempenho de máquinas e equipamentos diversos, eliminando as chances de falhas de modo geral ou cobranças desnecessárias de energia, e garantindo a segurança do patrimônio e, principalmente, das vidas das pessoas que circulam naquele lugar.