Caminho de Xinxiang e acesso ao molhe da Atalaia reabrem em Itajaí

(PREFEITURA DE ITAJAI)

O Caminho de Xinxiang e o acesso ao molhe da Atalaia reabrirão a partir deste sábado (16). O Município de Itajaí decidiu liberar para a circulação de pedestres, ciclistas e motoristas, além da utilização do estacionamento no local. O espaço é de responsabilidade do Porto de Itajaí e as Guardas Portuária e Municipal farão a segurança da área. O acesso será fechado entre as 10h da noite e as 6h da manhã.

“O molhe é de propriedade da União e está sob a gestão da Superintendência do Porto de Itajaí. Por isso, em reunião com o prefeito Volnei e secretariado decidimos abrir o espaço para a população. O molhe é um local que recebe muitas pessoas e essa liberação contribui para a boa relação entre o povo de Itajaí e o Porto”, avalia o superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga.

Obras e melhorias

O caminho de Xinxiang, no bairro Cabeçudas, recebeu melhorias como calçada com acessibilidade e ciclovia. O trecho entre o caminho de Cabeçudas e o molhe de Itajaí também ganhou um reforço estrutural para evitar erosão e nova iluminação em seus 200 metros de extensão. Para melhorar a segurança no local, o Porto de Itajaí ainda instalou um portão de ferro na entrada. A estrutura impede o acesso de veículos aos molhes do rio Itajaí-Açu durante a noite.

Segundo os técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, a revitalização foi de extrema necessidade. Devido ao mau estado de conservação da estrutura anterior, o caminho estava comprometido e necessitava reforço. A obra tem licenciamento ambiental e garantirá a continuidade do Caminho de Cabeçudas até o molhe. A obra foi financiada com recursos federais por meio de uma emenda parlamentar, sem custos para o Município, no valor de R$ 562 mil.

O molhe tem câmeras de segurança e o Porto de Itajaí articula com as secretarias de Segurança e Desenvolvimento Urbano e Habitação para melhorar as condições e fiscalização de trânsito e ocupação do espaço por vendedores e ambulantes. Vale ressaltar, que as medidas de distanciamento social e prevenção sanitária em relação à pandemia de coronavírus (COVID-19) permanecem em vigência. As forças de segurança auxiliarão no cumprimento das regras.