FOTO – DIVULGAÇÃO (PMI)

Criado em Ibiporã o Conselho Municipal de Inovação e Tecnologia

(PREFEITURA DE IBIPORÃ)

A ação para a instituição da política municipal de inovação, ciência e tecnologia que cria o Conselho Municipal de Inovação e Tecnologia e o Fundo Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, além de estabelecer medidas de incentivo à inovação, visando a consolidação do Ecossistema de Inovação e Tecnologia na cidade de Ibiporã, foi aprovada pelos vereadores e a assinatura que a sancionou enquanto lei foi realizada no gabinete do Executivo, pelo prefeito José Maria Ferreira.

O ato foi transmitido ao vivo por meio das redes da Prefeitura de Ibiporã. A lei sancionada é a de número 3.206 de 08 de setembro de 2022.

Na mesma solenidade foram assinados dois contratos entre a gestão, o SENAC e SENAI por meio de suas unidades profissionais e tecnológicas para ministrarem cursos de qualificação profissional e aprendizagem industrial. Serão colocados à disposição do cidadão, de forma gratuita, mais de 20 cursos de qualificação profissional, por meio da secretaria do Trabalho, tendo as duas instituições como executoras, todos estes custeados pelo município.

Na ocasião, o prefeito José Maria Ferreira registrou: “esta missão de formar cidadãos para o trabalho é essencial para termos, em nossa cidade, mão de obra qualificada, importante para que possamos acompanhar o progresso anunciado com bons profissionais e gerar oportunidades sempre”, concluiu o chefe do Executivo.

Registrou ainda a importância destas ações pioneiras da administração em incentivo à inovação, ciência e tecnologia, e à qualificação profissional do cidadão, o secretário do Trabalho, Adaueber Rodrigues que agradeceu a parceria de longa data com o SEBRAE, o SENAC, o SENAI que gera resultados.

Estiveram presentes também a vice-prefeita, Mari de Sá; secretários municipais; o gerente regional do SEBRAE/PR, Fabrício Bianchi; Victor Cunha, gerente regional do SENAI; Roberta Carvalho e Cristiane Nogueiro, representando Amanda Marconi, gerente executiva do SENAC/PR; o consultor do ecossistema de inovação do SEBRAE/PR, Heverson Feliciano; João Henrique Araújo, analista de negócios do SENAI/PR e a advogada credenciada ao Sebrae/PR, Renata Queiroz.