Fachada do Parque Universitário da UENP na saída para Ourinhos; local conta com espaço para esporte, cultura e lazer em uma área de mais de 105.000m² dentro da cidade de Jacarezinho- DIVULGAÇÃO

Jacarezinho ganha parque Universitário com 105 mil m2

(UENP)

A Universidade Estadual do Norte do Paraná irá inaugurar, no dia 30 de junho, o Parque Universitário de Ciência, Cultura e Inovação da UENP. Cedido pelo Tecpar à Universidade, o local conta com espaço para esporte, cultura e lazer em uma área de mais de 120.000m² dentro da cidade de Jacarezinho. Durante o evento, também serão inaugurados o Museu de Arte e Cultura Popular da UENP; o Centro de Documentação Histórica; o Galpão Cultural Romano Nunes – Cabelo; a pista de Corrida Cross Country e a Pista de MTB XCO – UENP. A programação de inauguração vai até o domingo, dia 3 de julho, com o I Festival do Parque Universitário da UENP.

A reitora da UENP, professora Fátima Aparecida da Cruz Padoan, destaca a importância da criação do Parque para toda região. “Estamos preparando um grande evento para a inauguração do Parque Universitário da UENP, pois entendemos o valor desse espaço para Jacarezinho e toda a região Norte do Paraná. Aqui iremos desenvolver projetos e ações formativas nas áreas da cultura, ensino, pesquisa, extensão, inovação e internacionalização. Os benefícios serão imediatos para toda a população. Por isso, meu convite especial a toda comunidade acadêmica, à população de Jacarezinho, à comunidade política e à imprensa da região para acompanhar esta festividade que será um marco para a cidade por representar um novo espaço para esporte, cultura e lazer”, disse.

Durante o evento no dia 30, o Museu de Arte e Cultura Popular da UENP será inaugurado com a exposição “Minha terra, que delícia! Quantos carnavais…”, a partir 15h30. Além disso, a Mostra de Arte Popular do coletivo artístico Novo Prisma, de Jacarezinho, também será exposta a partir das 16h. Na ocasião, obras de artistas da cidade serão apresentados à comunidade. O dia da inauguração contará ainda com o espetáculo “Pesquisa Cênica – Am 950, Rádio Doçura”, com início às 20h. A peça, dirigida pelo Grupo Paiol, com atuação de Pedro Ziroldo e Heriveuto Souza, é baseada no retrato do cotidiano dos trabalhadores dos canaviais.

Na sexta-feira, dia 1º de julho, o Museu receberá os alunos das escolas municipais para uma visita guiada às exposições durante a manhã e tarde. Às 14 horas, a Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação e a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura oferecerão um curso para a comunidade externa intitulado “Produção de Hortaliças com Qualidade Comercial”, ministrado pela professora-doutora Cristina Batista de Lima, do curso de Agronomia do Campus Luiz Meneghel em Bandeirantes. Os interessados ainda podem se inscrever pelo telefone (43) 3511-3200.

Já para o dia 2, sábado, foi preparada uma programação cultural voltada para as manifestações da cultura negra. Às 14h, na cozinha do Museu, a Ialorixá Carmem de Xangô ministrará oficina da culinária afro-brasileira. Também no Museu, às 15h, a Escola de Samba Acadêmicos Capiau lançará o documentário “As matriarcas do samba: as baianas do carnaval de Jacarezinho”. O documentário, que é uma contrapartida da Lei Aldir Blanc ao município de Jacarezinho, apresenta importantes depoimentos de quatro mulheres negras que participaram e participam ativamente do festejo popular.

No domingo, 3 de julho, último dia de inauguração do Parque Universitário da UENP, acontecerá o I Festival do Parque, evento que reunirá esporte, arte e cultura. A programação do festival contará com o 1º Treino Solidário de Cross Country, às 7h30 e a 1ª Competição de XCO na Pista da UENP, às 8h30. E a partir das 10h, o festival terá, ainda, shows com a Banda Primeira Dose, de Jacarezinho, e Choro do Tiozão, de Ourinhos; a Feirinha da Ágora, com palco livre para apresentações artístico-culturais; contação de histórias com Francislaine Carvalho, que irá apresentar o melhor de seu repertório às crianças que estiverem no Parque; e apresentação da Escola de Samba Acadêmicos Capiau. No evento, haverá também food trucks e exposição de artesanatos, carros antigos e bicicletas.

O Parque Universitário de Ciência, Cultura e Inovação da UENP fica localizado na Avenida Marciano de Barros, nº 700, no Bairro Estação – (Espaço cedido pelo Tecpar à UENP).

Exposição

A exposição de longa duração, “Minha terra, que delícia! Quantos carnavais…”, que marcará a inauguração do Museu de Arte e Cultura Popular da UENP, segundo a comissão organizadora, irá descortinar a força de uma festa popular que resiste desde a década de 1930 até os dias atuais. A curadoria é assinada pela professora e museóloga Elisângela Machieski.

Duas salas expositivas pretendem rememorar, por meio de janelas temporais constituídas por fotografias e objetos tridimensionais, aspectos importantes do carnaval de rua e de salão de Jacarezinho. A pesquisa expográfica foi realizada juntos aos acervos do doutor Celso Rossi e doutor Emmanuel Vieira.

O Parque é uma das maiores conquistas da história jacarezinhense.