FOTOS – DIVULGAÇÃO

Parque das Lauráceas, o maior Parque estadual do Paraná

(DA REDAÇÃO)

Com uma área de 30.001 hectares localizada nos municípios de Adrianópolis, Bocaiúva do Sul e Tunas do Paraná, o Parque Estadual das Lauráceas é o maior do Paraná. Criado em 1979, tem esse nome em virtude da grande quantidade de exemplares da família botânica “Lauraceae” (canelas em geral). Em região montanhosa, com vales profundos, o Parque conserva importantes remanescentes da biodiversidade paranaense, promovendo a visitação pública, pesquisa e educação ambiental. Estão ali cavernas e formações calcárias. Atrações: Gruta do Pimentas, Gruta do Leão, lagoas, nascentes de rios, mata Atlântica.

Fauna e flora

Na flora da região foram identificadas 750 espécies, 39 ameaçadas, com destaque para o palmito-juçara (Euterpe edulis) e lauráceas: imbuia (Ocotea porosa) e canela-coqueiro (Ocotea catharinensis).

Na fauna foram 291 espécies de aves (25% endêmicas), sendo 7,6% ameaçadas de extinção, como: jacutinga (Pipile jacutinga), gavião-de-penacho (Spizaetus ornatus), curió (Orizoborus angolensis), papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea) e gavião-pombo-grande (Leucopternis polionota). 76 espécies de mamíferos (grande número destas raras, endêmicas ou ameaçadas de extinção): onça-parda (Puma concolor) e felinos em geral; paca (Agouti paca), anta (Tapirus terrestris), veados (Mazama spp.), queixada (Tayassu pecari) e lontra (Lutra longicaudis).