Foto: Rodrigo Fonseca/CMC

Jussana, primeira mulher a assumir a diretoria-geral da Câmara de Curitiba

(CÂMARA MUNICIPAL DE CURITIBA)  

No dia 11 de janeiro a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) indicou a servidora Jussana Marques para o cargo de diretora-geral do Legislativo. Ao substituir Daniel Dallagnol, ela se torna a primeira mulher a ocupar o posto mais alto da administração da CMC. A decisão foi tomada pela Mesa e comunicada por Tico Kuzma (Pros), presidente, em reunião da Mesa com os diretores da gestão anterior. Foi estabelecido o mês de janeiro como um período de transição, “para avaliação das prioridades”, segundo Kuzma.

Acompanhado de Alexandre Leprevost (SD), vice-presidente, Flávia Francischini (PSL), Professora Josete (PT) e Professor Euler (PSD), respectivamente, primeira, segunda e terceiro secretários, Kuzma recebeu informações dos gestores administrativos para a realização de um diagnóstico da situação da CMC, principalmente sobre o andamento dos contratos, licitações e processos internos do Legislativo.

Diretora-geral

Servidora concursada da CMC desde 2011, quando ingressou no cargo de contadora, Jussana Marques é graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e em Direito pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), com pós-graduação em Auditoria e Perícia Contábil. Na CMC, já atuou na Diretoria Contábil-Financeira e na Controladoria do Legislativo. Foi diretora de Apoio às Comissões e antes da diretoria-geral ocupava o cargo de Diretora do Departamento de Processo Legislativo.

“Com o respaldo das demais diretorias da Casa, realizaremos um trabalho técnico de excelência, auxiliando a administração na tomada e na execução de decisões, sendo um ponto de apoio aos servidores, de forma a manter o bom clima organizacional”, comentou a nova diretora-geral da CMC. No posto, Jusssana Marques administrará o orçamento da Câmara de Curitiba para 2021, estimado em R$ 147,9 milhões.