Foto de Aldemir de Moraes - PMM

Nova licitação colocará 50 lotes à venda no Parque Industrial de Maringá

(Prefeitura de Maringá)

Será aberta na próxima segunda-feira, 23, uma nova licitação no Parque Industrial Felizardo Meneguetti de Maringá. Serão 50 lotes para abrigar empresas, gerando mais empregos e impostos que serão revertidos em melhorias para Maringá. “Temos expectativa de vender todos os espaços”, comenta o secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Rafael Silva. Ele acrescenta que a oportunidade acontece em um momento interessante, já que o projeto vai colaborar com o processo de retomada da economia, prejudicada pela pandemia do coronavírus.

A licitação será para 50 lotes, com valores entre 1,1 mil m² e 26 mil², e custo variando entre R$120 e R$ 380 o metro quadrado. A prefeitura de Maringá concede incentivos dentro da lei 6936/2005-PRODEM/Empresa.

INCENTIVOS

– isenção por 10 anos do  Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e 15 anos nos distritos de Iguatemi e Floriano;

– desconto de 50% no valor do recolhimento do ITBI – Imposto de Transferência de Bens Imóveis;

– preparação do terreno destinado à implantação do empreendimento, com movimentação interna de terra;

– isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) sobre o projeto de construção civil;

– alienação de imóvel subsidiado (desconto de 60% a 90% de desconto).

Em outras fases de vendas foram negociados 199 terrenos para 120 empresas. Inclusive algumas de outros estados, sendo que 16 já constroem suas novas unidades no espaço.

Empresas que estarão no Parque de TI são destaques em prêmio nacional

 A 24ª edição do Great Place to Work (GPTW) indicou as 150 melhores empresas brasileiras para se trabalhar no setor de Tecnologia da Informação (TI). Cinco delas são de Maringá e duas estarão com novas unidades no futuro Parque de TI. Outras três têm filiais na cidade. A premiação foi anunciada em 19 de outubro. “É gratificante ver empresas de Maringá sendo destaque nacional”, comenta o secretário da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico (Seide), Rafael Silva. “É resultado da competência dos empresários e do trabalho que fazemos para incentivar e apoiar os investimentos na cidade”.

No ranking GPTW para empresas com até 100 funcionários, a Accion ficou em 27º lugar. Até 999 colaboradores a melhor colocação ficou com a TecnoSpeed, em 11º lugar, seguida pela Elotech em 17º, DB1 na 25ª  e Matera em 27º. Com mais de mil funcionários, entraram no ranking três companhias que têm filiais em Maringá. A TOTVS, a Senior Sistemas e a HBSYS.